Bolsonaro manda R$ 2,7 milhões para ajudar Dino com a Saúde do MA

289 visualizações, 2 hoje

Imagem: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) determinou ao Ministério da Saúde a liberação de R$ 2,7 milhões para ajudar o governo Flávio Dino (PCdoB) a custear mensalmente 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Maranhão

A determinação foi oficializada por meio de portaria.

“Esse valor a mais passa a integrar o total de recursos de média e alta complexidade do estado, e serão destinados ao custeio dos novos leitos nos municípios de Pinheiro e Santa Inês. Ao todo, serão beneficiadas 39 cidades, que são cobertas pelos dois municípios. Os novos leitos são destinados a pacientes adultos graves e serão habilitados em dois hospitais que atendem 100% pelo Sistema Único de Saúde”, diz o Ministério da Saúde.

Dos 20 novos leitos, dez serão habilitados no Hospital Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago, localizado em Pinheiros. Para isso, o município receberá aporte federal de R$ 1,3 milhão, que serão incorporados ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade do estado. O hospital recebe pacientes da região da Baixada Maranhense, que compreende 21 cidades com aproximadamente 500 mil habitantes, evitando que a população se desloque até a capital para ter atendimento médico.   

Os outros dez novos leitos estão sendo habilitados no Hospital Regional Tomás Martins, na cidade de Santa Inês, na região nordeste do estado. A unidade é referência às regiões de Santa Inês, Zé Doca e Pindaré, que compreende cerca de 160 mil pessoas. O hospital contará R$ 1,3 milhão que igualmente será incorporado ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade do estado.

Do Gilberto Leda

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!