Nova sede das Promotorias de Justiça de Coelho Neto é inaugurada

1,589 visualizações, 1 hoje

O Ministério Público do Maranhão, inaugurou a nova sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Coelho Neto nesta quarta-feira (12). O prédio fica localizado na avenida José Silva, quadra 46, s/n, no Parque Amazonas e possui 291 m² de área construída.

Autoridades do MPMA, do Poder Judiciário, OAB, do Legislativo e Executivo municipais, além de líderes comunitários, religiosos e representantes da sociedade civil compareceram ao evento.

Com pavimento único, a nova sede possui recepção, quatro gabinetes para promotores, três salas (protocolo, reunião e para servidores), arquivo, quatro banheiros, copa, área de serviço e garagem. Sendo, que todos os compartimentos possuem acessibilidade.

O prédio das Promotorias de Justiça de Coelho Neto conta, ainda, com acesso e vaga de estacionamento para pessoas com deficiência, idoso e gestante.

Conforme os dados da Coordenadoria de Obras, Engenharia e Arquitetura do MPMA, o projeto foi desenvolvido com o objetivo de aprimorar o atendimento ao público e proporcionar condições adequadas para membros e servidores realizarem suas atividades institucionais. O prédio segue os padrões atuais de construção das Promotorias de Justiça.

SOLENIDADE 
Em seu discurso, o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, fez o resgate da história do município, desde quando era um pequeno povoado denominado Curralinho – em 1934, o lugar foi batizado com o nome do famoso escritor e político maranhense.

“É para mim uma imensa honra inaugurar a nova sede das Promotorias de Coelho Neto, dotando este prédio de condições dignas para atender toda a comunidade”, disse.

O chefe do MPMA ressaltou, ainda, que o cidadão é a alma do Ministério Público e a razão de existir da instituição.

“Parabéns, então, aos operários da cidadania, homens e mulheres que dedicam tempo e capacidade intelectual em busca de melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, completou.

Na ocasião, o diretor-geral da Procuradoria Geral de Justiça, Emmanuel Peres Neto Guterres Soares, apresentou os detalhes da obra, destacando as etapas de execução do projeto e o modelo do prédio.

“Estamos entregando uma estrutura com completa acessibilidade, o que não existia antes. Esta sede, portanto, foi construída com todos os parâmetros exigidos pela lei para atender melhor todos os que necessitam dos serviços do Ministério Público”, declarou.

BENEFÍCIOS PARA A POPULAÇÃO
Sobre a nova casa do MPMA, a promotora de justiça Elisete Pereira dos Santos, diretora das Promotorias de Coelho Neto, ressaltou que, a partir deste momento, a comarca passa a viver uma nova etapa de sua história.

“Com as novas instalações, nós – membros, servidores e assessores do Ministério Público – poderemos oferecer o melhor serviço, com eficiência e qualidade, tendo em vista que trabalharemos em um ambiente muito organizado e isto vai se traduzir em benefícios para a população”.

Ao se manifestar em nome dos membros do MPMA que já passaram pela comarca, o promotor de justiça Antonio Borges Júnior (atualmente em Timon) relembrou as dificuldades enfrentadas no tempo em que a Promotoria funcionava em uma pequena sala dentro da Prefeitura e comparou com os avanços obtidos pela instituição.

“A população de Coelho Neto está sendo contemplada com uma obra digna, que não é só nossa. As portas das demais instituições podem até se fechar, exceto esta. O Ministério Público é o último guardião da cidadania e da democracia. Por isso, deve estar sempre de portas abertas para o cidadão”, enfatizou.

Representando a cidade de Coelho Neto, o prefeito Américo de Sousa Santos, destacou que o município também se sente realizado e orgulhoso com a obra, cujo prédio foi doado pela Prefeitura, com a aprovação da Câmara de Vereadores.

“A melhoria do atendimento à população é um dever de todas as instituições. E este momento é uma demonstração evidente do fortalecimento da cidadania de Coelho Neto e da região”, afirmou.

AUTORIDADES
Do Ministério Público também estiveram presentes na solenidade o corregedor-geral do MPMA, Eduardo Jorge Hiluy Nicolau, e o diretor da Escola Superior do Ministério Público do Maranhão, Márcio Thadeu Silva Marques.

Igualmente participaram o presidente da Câmara de Coelho Neto, Marcos Tourinho; o delegado da OAB em Coelho Neto, Delbão dos Santos Machado; o prefeito em exercício de Duque Bacelar, Carreta Silveira; a defensora pública de Coelho Neto Viviane Carvalho de Melo e o juiz de Timon Simeão Pereira e Silva.

FONTE: CCOM-MPMA

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!