Hoje,5 de agosto de 2020

Teresina poderá ser uma Zona Franca

Uma zona franca é uma região do país que não é sujeita às tarifas alfandegárias normais, facilitando e estimulando a criação de empresas e comércios, o que pode acelerar o crescimento econômico. Esta é uma proposta que está sendo discuta na Câmara dos Vereadores, para que Teresina se torne uma Zona Franca e estimule a economia de todo o Nordeste.
A ideia é estimular a economia regional através de isenção de impostos. O motivo da escolha da capital piauiense dá-se pela localização estratégica: Teresina é uma cidade equidistante de Belém (960 km), Palmas (1.190 km) Recife (1.100 km), Natal 1.100 km) e a Salvador (1.100 km), está no meio de Fortaleza (590 km) e São Luís (430 km) e Petrolina / Juazeiro da Bahia (590 km).
Mapa Infográfico do Projeto
Neste raio localizam-se mais de 50 milhões de consumidores. Isso faria com que as empresas que decidissem se instalar na localidade tivessem isenções ou descontos de impostos, o que possibilitaria importações mais baratas de produtos, além da venda por preços mais acessíveis.
 
O autor do projeto é o vereador Ricardo Bandeira (PSL) e foi idealizado pelo empresário Jorge Machado. A audiência pública que discutiu o tema ocorreu nesta segunda-feira (16/05), às 10h, na Câmara dos Vereadores e contou também com a participação dos deputados federais Silas Freire (PR) e Rodrigo Martins (PSB), que são apoiadores da ideia.
 
Para Bandeira, o maior entrave para o desenvolvimento da Zona Franca é a infraestrutura, que ainda é precária. Por isso, “é preciso que haja uma parceira público e privada onde se pode ter investimentos, melhoria da renda e geração de emprego”, enfatizou o vereador.
Teresina – PI (imagem Google Imagens)
Sobre a Zona Franca de Manaus
A Zona Franca de Manaus é a única do Brasil e foi criada em 06 de junho de 1957 e serviu para estimular a economia da região norte, gerando empregos e diminuindo preços de produtos, especialmente tecnológicos. Lá as empresas instaladas recebem os seguintes incentivos:
• Isenção do imposto de importação, que permite que empresas atuem como montadoras usando tecnologia internacional;
• Isenção do imposto de exportação;
• Isenção do imposto sobre produtos industrializados (IPI);
• Desconto parcial, fornecido pelo governo estadual, no imposto de circulação de mercadorias e serviços (ICMS);

• Isenção por dez anos, fornecido pelo município, de IPTU, da taxa de licença para funcionamento e da taxa de serviços de limpeza e conservação pública.

FONTE: 180 Graus
Comentários do Facebook
Compartilhar

Política de Privacidade dos Comentários

Os comentários regidos pelos leitores NÃO representam a opinião do Portal Coelho News. tendo como a autoria e total responsabilidade do autor da mensagem. Ofensas, preconceitos, ou qualquer mensagem que incita o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas.

O objetivo do painel de comentários é promover o direito da liberdade de expressão, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade, abrindo espaço para um debate de acordo com o tema da matéria.

O Redator-Chefe do Portal Coelho News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido!